Nós vimos ‘O Começo da Vida’

“Não é um filme, é poesia. Não é um documentário, é instrumento de mudança. Não é sobre a infância, é sobre nós. Não é sobre pais e filhos, é sobre a humanidade.”

Ana Garlet

CONFIANÇA. Este foi o sentimento que ficou no nosso coração depois de assistir ao documentário ‘O Começo da Vida’  dirigido por Estela Renner e gravado em 9 países.  Saímos com o coração cheio de sonhos e esperança, ainda mais comprometidos com nossa missão de, através de nosso trabalho, fortalecer vínculos dos pais com seus filhos, para que as crianças possam ter a possibilidade de sonhar.

Confira o trailer

Dirigido por Estela Renner, a mesma diretora do documentário ‘Muito além do peso’, o ‘O Começo da Vida’ mostra o que dizem os pais e especialistas de nove países sobre a importância do amor e do ambiente na primeira infância. Segundo Estela, em entrevista para o jornal Estadão, “no começo eu achava que estava fazendo um filme sobre primeira infância. Passando o tempo, descobri que estávamos falando sobre um projeto de humanidade. Algo bem maior do que nós.”

As Mães em ‘O Começo da Vida’

Estela conta que, entre tantas mães e pais, entrevistou Gisele Bunchen e também uma mãe de 12 filhos de uma região violenta do Brasil e fez a pergunta: “o que você quer para seus filhos?” A resposta de ambas foi a mesma.
Um filme que vai mudar a nossa forma de ver a relação entre os pais e seus filhos.

Os Pais em ‘O Começo da Vida’

O filme aborda um tema fundamental que sempre norteia o nosso trabalho no Educando: ambos os pais fazer parte. Com Hellinger, um pensador que é uma de nossas bases neste trabalho com os pais e criador das Constelações Familiares, aprendemos que uma criança é sempre o seu pai + a sua mãe e algo mais: ela precisa de ambos em sua vida, na mesma medida. Para a alma da criança, os pais são sempre inseparáveis.

Em muitos momentos, nas falas dos neuropediatras e psicólogos, assim como dos pais, é possível identificar os princípios das 3 LEIS NATURAIS  (ordem, hierarquia e pertencimento) que aprendemos com Hellinger.

O que fica para nós?

Além do convite para que você assista, deixamos a pergunta que é colocada no filme: “estamos cuidando bem dos primeiros anos de vida, que definem tanto o presente quanto o futuro da humanidade?” Estamos fazendo tudo o que podemos por nossos filhos? 

Fica para nós a certeza de que, a cada geração, tudo se renova, tudo pode se reconstruir. A cada criança que nasce, uma nova oportunidade se faz. Uma criança que chega traz em si, o extraordinário.

Registramos aqui a nossa gratidão a pessoas e organizações como Estela Renner, Maria Farinha Filmes, Fundação Maria Cecília Souto Vidigaltambém aos patrocinadores que, assim como nós, acreditam que podemos criar um mundo onde a crianças possam ser quem elas são, em toda a sua plenitude.

Para saber mais sobre nós, é só acessar nossos canais

A casa está aberta. Vem visitar a gente nos endereços abaixo!
● Site Oficial
http://www.educandonossosfilhos.com.br/
● Canal do Youtube
http://educandonossosfilhos.com.br/Youtube
● Página no Facebook
http://educandonossosfilhos.com.br/Facebook
● Canal de Áudio
http://educandonossosfilhos.com.br/AudioAulas
● Nosso blog
http://educandonossosfilhos.com.br/blog/
● A nossa pesquisa com Pais e Mães, se você quiser colaborar
http://educandonossosfilhos.com.br/FaçaParte

Educando (21)

It's only fair to share...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Sê o primeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *